Setembro – Mês da Bíblia

Felizes são os que ouvem a palavra de Deus e a guardam!

Lucas 11:28 – Textos bíblicos

Façam um balanço de suas escolhas.

Sim! 
Verifiquem como podem fazer tudo ficar melhor e prossigam. Não lamentem.
Lamentação é depressão. Ocupem as mãos. Ponham os pés na terra. Curtam o sol.
Sirvam. Sequem lágrimas.
E orem. Orem sem sessar todos os dias. (Maria Modesto Cravo)

põe teu coração a trabalhar…

   

       

 

 

 

 

 

 

 

 

 

      Aplique aquilo em que acredita

                 a cada área de sua vida.

             Põe o coração a trabalhar

 e pede o máximo e o melhor de todo mundo.

          Não deixe que o seu caráter especial

      e os seus valores, o segredo que só você  e mais ninguém conhece – 

         não deixem que eles sejam engolidos

       pela grande complacência ruminante…

                          Meryl Streep

Frank Sinatra – My Way

My Way

And now the end is near
And so I face the final curtain
My friend, I’ll say it clear
I’ll state my case of which I’m certain
I’ve lived a life that’s full
I traveled each and every highway
And more, much more than this
I did it my way
Regrets, I’ve had a few
But then again, too few to mention
I did what I had to do
And saw it through without exemption
I’ve planned each charted course
Each careful step along the byway
And more, much more than this
I did it my way
Yes there were times, I’m sure you knew
When I bit off more than I could chew
But through it all when there was doubt
I ate it up and spit it out
I faced it all and I stood tall
And did it my way
I’ve loved, I’ve laughed and cried
I’ve had my fill, my share of losing
And now as tears subside
I find it all so amusing
To think I did all that
And may I say, not in a shy way
Oh no, oh no, not me
I did it my way
For what is a man, what has he got?
If not himself, than he has naugth
To say the things he truly feels
And not the words of one who kneels
The record shows, I took the blows
And did it my way

Meu Jeito

E agora o fim está próximo
Então eu encaro o desafio final
Meu amigo, Eu vou falar claro
Eu irei expor meu caso do qual tenho certeza
Eu vivi uma vida que foi cheia
Eu viajei por cada e todas as rodovias
E mais, muito mais que isso
Eu fiz do meu jeito
Arrependimetos, eu tive alguns
Mas então, de novo, tão poucos para mencionar
Eu fiz, o que eu tinha que fazer
E eu vi tudo, sem exceção
Eu planejei cada caminho do mapa
Cada passo, cuidadosamente, no correr do atalho
Oh, mais, muito mais que isso
Eu fiz do meu jeito
Sim, teve horas, que eu tinha certeza
Quando eu mordi mais que eu podia mastigar
Mas, entretanto, quando havia dúvidas
Eu engolia e cuspia fora
Eu encarei tudo e continuei de pé
E fiz do meu jeito
Eu amei, eu ri e chorei
Tive minhas falhas, minha parte de derrotas
E agora como as lágrimas descem
Eu acho tudo tão divertido
Em pensar que eu fiz tudo
E talvez eu diga, não de uma maneira tímida
Oh não, não, não eu
Eu fiz do meu jeito
E pra que serve um homem, o que ele tem ?
Se não ele mesmo, então ele não tem nada
Para dizer as coisas que ele sente de verdade
E não as palavras de alguém que se ajoelha
Os registros mostram, eu recebi as pancadas
E fiz do meu jeito

Poema para os amigos (Jorge Luis Borges)

Não posso lhe dar solução para todos os seus problemas da vida…

“Não posso lhe dar solução para todos os seus problemas da vida
nem tenho respostas as suas dúvidas e temores,
mas posso escutá-lo e compartilhar com você.”

(Jorge Luis Borges)

27 de setembro – Dia Nacional do Idoso

"Uma pessoa permanece jovem na medida em que é capaz de aprender, 
adquirir novos hábitos
e tolerar contradições."
Marie Von Ebner-Eschenback
 

Sonhe com as estrelas, apenas sonhe, elas só podem brilhar no céu …

Sonhe com as estrelas, apenas sonhe,
elas só podem brilhar no céu …
Não tente deter o vento,
ele precisa correr por toda parte,
ele tem pressa de chegar, sabe-se lá onde …
As lágrimas ?
Não as seque, elas precisam correr
na minha, na sua, em todas as faces …
O sorriso!!!
Esse, você deve segurar,
não o deixe ir embora…
Agarre-o!
Abasteça seu coração de fé,
não a perca nunca !
(Fernando Pessoa)

Andar conmigo – Julieta Venegas

Andar conmigo

Julieta Venegas

Hay tanto que quiero contarte, 
Hay tanto que quiero saber de ti, 
Ya podemos empezar poco a poco, 
Cuentame que te trae por aqui, 
No te asustes en decirme la verdad, 
Eso nunca puede estar así tan mal, 
Yo tambien tengo secretos para darte, 
Y que sepas que ya no me sirven más, 
Hay tantos caminos por andar, 
Dime si tu quisieras andar conmigo, 
Cuentame si quisieras andar conmigo, 
Dime si tu quisieras andar conmigo, 
Cuentame si quisieras andar conmigo 
Estoy anciosa por soltarlo todo, 
Desde el principio hasta llegar al día de hoy, 
Una historia tengo en mi para entregarte, 
Una historia todavia sin final, 
Podriamos decirnos cualquier cosa, 
Incluso darnos para siempre un siempre no, 
Pero ahora frente a frente aqui sentados, 
Festejemos que la vida nos cruzó , 
Hay tantos caminos por andar, 
Dime si tu quisieras andar conmigo, 
Cuentame si tu quisieras andar conmigo, 
Dime si tu quisieras andar conmigo, 
Cuentame si tu quisieras andar conmigo, 
Si quisieras anadar conmigo 
Si quisieras andar conmigo 
SI quisieras andaar conmigo 
Si quisieras andar conmigo

Entradas Mais Antigas Anteriores